domingo, 24 de maio de 2015

“Dia do Autor Português”








No âmbito das comemorações do “Dia do Autor Português”, e na sequência das comemorações do Dia Mundial do Livro, a BE promoveu, no dia 7 de maio, o  encontro com os autores Paula Botelho, Paula Rocha e Daniel Gonçalves, professores também da nossa escola,  com o objetivo de divulgar o lançamento das suas obras e partilhar a sua experiência pessoal sobre o processo da criação do livro.
              Esta atividade realizou-se na sala dos alunos e estiveram presentes algumas turmas do 2º e 3º ciclos, incluindo uma turma do Profij.
O autor Daniel Gonçalves começou por explicar aos alunos o percurso de criação de um livro, desde a criatividade literária à sua produção, física ou digital e mostrou como se “desenha um livro” no computador, desmistificando, assim, o processo de criação artística. Concluiu, referindo-se ao valor que se deve atribuir ao autor do livro.
             Seguidamente, as autoras Paula Botelho (texto),  Paula Rocha (ilustrações)  apresentaram o seu livro lançado no mês de abril,  Um Safari Geológico em Santa Maria” , explicando como foram criadas as ilustrações do livro e de que forma as seis personagens do livro descobrem o “passado geológico da ilha mais antiga dos Açores, a ilha de Santa Maria” e o dão a conhecer aos leitores. 
            Uma atividade realizada com sucesso, uma vez que os alunos se mostraram muito atentos e participativos.
 Por fim, os autores ofereceram um exemplar de cada livro à BE e incentivaram os alunos a frequentarem aquele espaço para lerem estes e outros livros.     


segunda-feira, 11 de maio de 2015

A POESIA É PARA COMER



O 10ºE fez furor na véspera de 25 de abril com  A Poesia É Para Comer”!

Segunda-feira, 4 de maio de 2015




No dia 24 de Abril, na sala de alunos, pelas 8h30, realizou-se a atividade promotora da Leitura – “A Poesia é Para Comer!”
Esta atividade dinamizada pelos alunos da turma 10ºE do Profij-IV (sistemas) teve como finalidade mostrar que ler pode ser divertido ao mesmo tempo que alimenta a mente. Além disso, e dado que no dia a seguir houve o feriado 25 de abril, a atividade “A poesia é para comer” serviu para relembrar vários poetas de Abril e tomar consciência como é bom ser livre.
Este evento começou pela recolha de estrofes de vários poemas que tematizavam a liberdade, a luta pela liberdade e a alegria de se ser livre. Foram as turmas B e D do oitavo ano que recolheram essas estrofes.
A turma do 10º E leu as estrofes recolhidas e ilustrou-as em duas paisagens, uma mais citadina e outra aquática com rios, mar, ilha e praia. Além disso, pintou também um mar de abril, em que navegavam alguns poetas de abril como Ary dos Santos, Natália Correia, Sophia de Mello Breyner Andresen e Manuel Alegre e elaborou também várias biografias dos poetas de abril.            
No dia da atividade, a turma do 10º ano ofereciam as estrofes coladas num palito e espetadas nas fatias bolo e, ao mesmo tempo, orientavam os alunos que liam as estrofes para que estes pudessem legendar as ilustrações presentes.
No fim desta atividade, com base nas opiniões ouvidas pelos professores e alunos, concluiu-se que esta foi bem-sucedida, tendo sido uma mais-valia para a escola.                                                                              Autores da reportagem: alunos do 10º E

domingo, 10 de maio de 2015

DIA MUNDIAL DO LIVRO E DOS DIREITOS DE AUTOR



No âmbito das celebrações do Dia Mundial do Livro e dos direitos do autor, 23 de abril, o grupo de português do 3º ciclo e secundário em parceria com a biblioteca escolar e apoio da Associação de Estudantes realizou a Feira do livro usado.

Esta feira desenvolveu-se em duas fases, a primeira nos dias 12 e 13 de março, a segunda no dia 23 de abril, com o objetivo de fomentar e promover o gosto pela leitura e incutir hábitos de leitura nos alunos.

A primeira fase realizou-se nos dias 12 e 13 de abril e foi alargada a toda a comunidade extraescolar. Cada pessoa trouxe um ou mais livros pessoais para trocar pelo mesmo número de livros trazidos.

Na segunda fase, organizou-se, no dia 23 de abril, um “quiosque”, na sala dos alunos, com os livros que tinham sobrado e, por uma quantia simbólica, os alunos puderam levar alguns livros do seu interesse. A quantia adquirida com esta iniciativa reverteu a favor da biblioteca da escola, para aquisição de alguns livros. Dos restantes livros, alguns serão doados à biblioteca e outros serão oferecidos às escolas do 1º ciclo.

            Esta feira foi uma atividade considerada pelos envolvidos muito pertinente e o objetivo foi efetivamente cumprido. Os alunos aderiram à troca de livros e mostraram um grande respeito pelos mesmos, uma vez que todos se encontravam em bom estado. Sinal de respeito pelo livro!

Estas atividades excederam as nossas expetativas, na medida em que a adesão por parte dos alunos foi bastante significativa, facto que nos orgulha e, posteriormente, serão atividades a repetir.