sexta-feira, 17 de outubro de 2014

CONCURSO LITERÁRIO "OUTONO VIVO"




O tema do Outono Vivo será “Baluarte das Liberdades”, focaremos a programação no liberalismo e na forma como as artes personificam e são um caminho para a liberdade.
Modo Literário: Texto narrativo (em prosa) 
 
REGULAMENTO
DISPOSIÇÕES GERAIS
Objetivos
a. Criar e/ou consolidar hábitos de escrita;
b. Promover a escrita criativa/estimular a expressão literária;
c. Divulgar novos autores e aspetos relativos à cultura literária
d. Valorizar a Cultura.

A entidade promotora é a Praia Cultural - Cooperativa de Interesse Público e de Responsabilidade Limitada
Mote e enquadramento

Para o Grupo A: “Uma criança, um professor, uma caneta e um livro podem mudar o mundo.”, de Malala Yousafzai
Malala Yousafzai, a jovem afegã que, com 16 anos em 2012, foi baleada por talibãs e ameaçada de morte, por defender o direito à educação para meninas no Paquistão, e que recebeu posteriormente o prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento, concedido pelo Parlamento Europeu. Jovem adolescente reconhecida internacionalmente, “demonstrou mais coragem que certos adultos”, como defende Martin Schulz.

Para o grupo B: “Bem nasce em todos os climas a semente da liberdade”, de Almeida Garrett.
Com base no tema “Baluarte das Liberdades”, escolhido como tema para o Outono Vivo de 2014, nada melhor do que fazer referência a um dos maiores autores portugueses, Almeida Garrett, não só pela sua qualidade literária e pelas obras de vulto que legou a Portugal, como também devido à sua participação nas revoltas liberais de 1832, justamente a partir da Ilha Terceira.
Almeida Garrett é, sem dúvida, um dos poucos artistas portugueses que conseguiu conciliar a sua vertente artística com a defesa da liberdade.

Este concurso destina-se a promover e a consolidar hábitos de escrita criativa.

O concurso destina-se a todos os indivíduos, a partir dos catorze anos, que se sintam capazes de desenvolver, em prosa, o ato de escrita, tendo por base a temática proposta. 

Os trabalhos dos participantes serão agrupados em dois grupos:
Grupo A: dos catorze aos dezassete anos; 
Grupo B: a partir dos dezoito anos.

Os participantes assumem o compromisso de conhecer e cumprir este regulamento e de respeitar as decisões explicitamente tomadas pela organização do Concurso.
a. Grupo A
i. 150,00€, acrescidos de 100,00€ em compras na feira;
ii. 100,00€, acrescidos de 100,00€ em compras na feira;
iii. 100,00€ em compras na feira;
Aos prémios do Grupo A acresce isenção anual [até ao próximo Outono Vivo] para as sessões de cinema do Auditório do Ramo Grande, e nas formações da Academia da Juventude e das Artes da Ilha Terceira.

b. Grupo B
i. 300,00€, acrescidos de 300€ em compras na feira;
ii. 150,00€, acrescidos de 300€ em compras na feira;
iii. 200€ em compras na feira;


DISPOSIÇÕES ESPECÍFICAS
Os trabalhos devem dar entrada até às 17h00 de dia 31 de outubro na Academia da Juventude e das Artes;
O anúncio dos vencedores decorrerá a 8 de novembro, sábado, pelas 20h30 com leitura e exposição dos trabalhos vencedores, assim como a entrega dos respetivos prémios;
Os trabalhos deverão ser enviados ou entregues em envelope fechado, com indicação do concurso e inscrição do pseudónimo no espaço destinado ao remetente.
A Praia Cultural – Cooperativa de Interesse Público e de Responsabilidade Limitada reserva-se o direito de adiar ou anular o presente concurso em caso de envio de poucos trabalhos ou em caso de envio de trabalhos sem qualidade.

Os trabalhos entregues em mão serão numerados por ordem de entrega, na presença do concorrente.
As propostas enviadas por correio serão encaminhadas internamente para o sector, sendo-lhes atribuído o número de entrada correspondente.

Cada candidato só pode apresentar um trabalho.
As imposições técnicas são as seguintes:
a) O texto deverá ter até 2 páginas A4 com espaço e meio entre linhas, com tipo de letra Times New Roman, tamanho 12;
b) Os textos deverão ser entregues num sobrescrito contendo no interior 2 envelopes: um com o texto original (em papel) com 5 cópias; outro com as indicações pessoais dos candidatos (nome, morada, profissão, número de telefone e data de nascimento) numa folha de papel. Deve constar em todos os envelopes, no exterior, o pseudónimo com que se assinou o texto e o grupo em que se inclui o participante (Grupo A ou Grupo B);
c) Das folhas do trabalho, não pode constar qualquer indicação sobre o concorrente, sob pena de este vir a ser excluído.
Preparação para a apreciação dos trabalhos
Os textos a avaliar não podem conter indicações pessoais do concorrente. Cinco dias úteis após o termo do prazo de entrega, proceder-se-á à abertura de todos os envelopes, sendo colocado o número atribuído no ato de entrega, no respetivo trabalho e cópias.
Os envelopes com a identificação do concorrente serão guardados em instalações de uso exclusivo do secretariado do concurso.

Os critérios de apreciação serão os seguintes:
a) Criatividade / inovação;
b) Qualidade literária; c) Organização; d) Coerência e coesão do texto.

Os trabalhos serão avaliados por um Júri de 3 elementos, presidido pelo docente Paulo Noval Frederico e composto pelos docentes Clarinda Barreira e António Antunes, que, de acordo com os critérios previamente definidos, decidirá quais os textos premiados e da sua decisão não haverá recurso.
Caberá ao Júri decidir sobre os casos omissos neste Regulamento. Caso os trabalhos não apresentem qualidade, o Júri reserva-se o direito de não atribuir prémios.
Os membros do Júri não terão acesso aos dados pessoais, cabendo ao secretariado do concurso zelar pela manutenção do sigilo durante todo o processo de apreciação e avaliação dos trabalhos.
DIREITOS INTELECTUAIS / DIREITOS DE AUTOR Só poderão ser submetidos a concurso textos inéditos, pelo que qualquer indício de plágio será punível com a desqualificação do texto. Os concorrentes não premiados, interessados em reaver os seus trabalhos, poderão proceder ao seu levantamento, mediante requisição por escrito e apresentação do BI, nos dois meses seguintes à publicação da decisão do júri. Findo este prazo, sem que o tenham feito, poderão os textos ser eliminados.
DIREITOS DE UTILIZAÇÃO Os autores autorizam a divulgação e utilização, de forma gratuita, dos textos em toda e qualquer atividade promovida pela Praia Cultural – Cooperativa e Interesse Público e de Responsabilidade Limitada

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

"Escola Alerta!"2014/2015

O Concurso "Escola Alerta!":
Está aberto o Concurso "Escola Alerta!" 2014/2015, uma oportunidade para praticar e desenvolver  capacidades no sentido de melhorar a sociedade e a forma como os alunos com deficiência participam em todas as atividades da sua escola.
Podem começar desde já a contribuir ativamente para a criação de uma sociedade em que todos possam ter oportunidades iguais, propondo ações que promovam os direitos humanos, em particular os direitos das pessoas com deficiência.
  • Dirige-se às escolas no qual devem participar os alunos dos ensinos básico e secundário, sob a orientação pedagógica de professores;
  • Visa sensibilizar e mobilizar os alunos para a igualdade de oportunidades e para os direitos humanos, em particular os direitos das pessoas com deficiência;
  • Promove a participação e a intervenção activa dos alunos no desenvolvimento dos princípios consignados na Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e na Lei de Bases da Prevenção, Habilitação, Reabilitação e Participação das Pessoas com Deficiência, mediante a apresentação e divulgação de propostas exequíveis e inovadoras que contribuam para a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiências ou incapacidade;
  • Contempla a atribuição de prémios nacionais aos melhores trabalhos;
  • Prevê ainda diplomas de participação para as escolas, alunos e professores.

Para saber mais sobre os objetivos gerais deste projeto, consulte o  Menu "Escola Alerta!". Para conhecer os princípios que orientam e estruturam a sua 12.ª edição, recomenda-se a leitura do Regulamento 2014/2015 e da respetiva Nota Explicativa, que se encontram disponíveis para descarregar.
Para ser admitido neste concurso, cada um dos trabalhos terá de ser acompanhado pelo respetivo Formulário de Candidatura.
Após apreciados pelo Júri da Escola, os trabalhos selecionados por este último, serão entregues por cada estabelecimento de ensino ao INR, I.P., juntamente com a Ficha de identificação da escola e trabalhos realizados, até ao próximo dia 24 de abril de 2015, entre as 9h00 e as 18h00, ou via correio registado com carimbo até à mesma data, para o seguinte endereço:
Concurso "Escola Alerta!"
Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P.
Av. Conde de Valbom, 63
1069-178 Lisboa

Pode ainda consultar as Perguntas Mais Frequentes sobre o "Escola Alerta!".

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Ciência em Cena

A Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito da Maratona da Saúde e do Gulbenkian Descobrir, está a promover o concurso Ciência em Cena destinado a alunos finalistas do 3º ciclo do ensino básico e a alunos do secundário:
“O Ciência em Cena é um concurso de ideias que pretende envolver e despertar o interesse dos estudantes pelo conhecimento científico e pela promoção da saúde e bem-estar.
Este concurso permitirá aos participantes explorar temas e factos relacionados com a saúde e a ciência, despertando a sua consciência para o papel da investigação científica na resolução de problemas de saúde, bem como para a importância de conhecer e divulgar o que sabemos para estimular práticas saudáveis e combater a doença.
O concurso está aberto aos alunos do 3º Ciclo e do Ensino Secundário propostos por qualquer escola portuguesa, pública ou privada.  Todas as informações sobre o referido concurso estão disponíveis em www.cienciaemcena.pt.
Os concorrentes selecionados farão a sua apresentação ao vivo na Fundação Calouste Gulbenkian perante o público e um júri de especialistas em ciência e comunicação. O premiado será convidado a participar na Gala da Maratona da Saúde, transmitida em direto pela RTP.”
Tema: a Diabetes
Prazo de entrega de candidaturas: 15 Janeiro de 2015
Final: 7 de Março de 2015 na Fundação Calouste Gulbenkian
Gala Maratona da Saúde: data a anunciar
Informações detalhadas em www.cienciaemcena.pt

Fonte: DSEEAS/Fundação Calouste Gulbenkian

4.ª EDIÇÃO DO CONCURSO GERAÇÃO €URO

O Banco Central Europeu, em articulação com o Banco de Portugal
e os bancos centrais nacionais do Eurosistema,
está a promover a quarta edição do concurso Geração €uro.

O objetivo desta competição é dar a conhecer, à primeira geração de europeus que cresceu com a moeda única, a importância da política monetária para o dia-a-dia dos cidadãos da área do euro.
O concurso, dedicado à política monetária do euro, dirige-se a todos os alunos do Ensino Secundário, independentemente da área de estudos que frequentem e decorre entre outubro de 2014 e abril de 2015. Para participarem, os alunos devem formar equipas de três a cinco elementos, com orientação de um professor, e inscrever-se no sítio do concurso Geração €uro.

Na primeira fase do concurso, que decorre até 15 de novembro, os alunos respondem a um questionário online de 30 perguntas com três níveis de dificuldade.
As 15 equipas com melhores resultados serão convidadas a elaborar um ensaio sobre política monetária. No ensaio, terão de estimar qual será a taxa de juro que o BCE deverá fixar na reunião de fevereiro de 2015.
Finalmente, as equipas com os melhores ensaios terão de apresentar os seus trabalhos a um júri designado pelo Banco de Portugal. As três melhores equipas receberão prémios.
A equipa vencedora da edição portuguesa do Geração €uro será convidada a viajar até Frankfurt am Main, na Alemanha. Juntamente com as restantes equipas vencedoras será recebida pelo presidente do BCE, numa cerimónia europeia de entrega de prémios.
Para mais informações consulte o sítio do concurso Geração €uro, a página da competição no Facebook ou envie um e-mail para geracaoeuro@bportugal.pt.
Ligações úteis relacionadas:

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Mês Internacional da Biblioteca Escolar 2014

Outubro é o Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Em todo o mundo, este período é aproveitado para reforçar a visibilidade das bibliotecas escolares e a consciencialização acerca do seu valor nas aprendizagens.
International Association of School Librarianship (IASL) propõe, como anualmente acontece, um tema aglutinador — A tua biblioteca escolar: um mapa de ideias (tradução adotada pela RBE) — e um conjunto de projetos nos quais as bibliotecas podem participar: Skype ProjectBookmark Project  e What people are doing for ISLM 2014.
Para 2014, o Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabelece 27 de outubro como Dia da Biblioteca Escolar. Sendo todo o mês de outubro amplamente celebrado pelas bibliotecas escolares, a RBE decidiu, este ano, dar maior publicidade às múltiplas iniciativas que serão levadas a cabo e premiar as três que considerar mais apelativas.
Pretende-se distinguir atividades que promovam a visibilidade da biblioteca escolar de uma forma atraente, simples e criativa, qualquer que seja o público-alvo: alunos, professores, pais, comunidade educativa em geral e/ou parceiros.
Se, enquanto professor bibliotecário, considera que a sua biblioteca tem iniciativas interessantes para assinalar o Mês das Bibliotecas Escolares, selecione a mais significativa e ilustrativa e insira-a na página de atividades do portal RBE. Pode fazê-lo até ao dia 31 de outubro, não se esquecendo de anexar fotos e outros materiais que documentem a atividade.
Ao longo do mês, a RBE irá destacar algumas dessas ações e, no final, atribuirá um tablet e algumas publicações impressas às três bibliotecas escolares que revelem maior potencial de comunicação e de envolvimento dos destinatários.
blogue RBE continuará a divulgar cartazes, marcadores e outros materiais gráficos alusivos ao Mês/ Dia da Biblioteca Escolar, os quais deverão ser enviados para blogrbe@mail-rbe.org.